50 filmes para ver em 2018

A relação de 50 títulos a seguir são apostas cinematográficas baseadas no talento dos diretores e elenco envolvidos. Alguns são propostas mais comerciais, outros serão ignorados pelas redes de cinema do país e consequentemente pelo grande público. Nos próximos meses, essas produções entrarão na roleta das decepções e das surpresas, dos subestimados e dos superestimados, dos que serão apenas fruto de hype e dos que terão qualidade indiscutível apesar de pouco apelo comercial.

01. The Art of Self-Defence (Riley Stearns)

View post on imgur.com

Faults (2014) foi uma surpresa. Uma comédia sobre o culto a personalidades que deu oportunidade a dois atores, Leland Orser e Mary Elizabeth Winstead, de interpretar os papéis que mereciam. Trazendo agora Jesse Eisenberg, Imogen Poots e Alessandro Nivola, o segundo filme de Ruley Stearns apresenta um homem que se matricula em um misterioso dojo após sofrer um ataque na rua. Elaborado como uma comédia de humor negro ambientada no universo do Karatê, veremos como Stearns abordará o submundo das artes marciais.

02. First Man (Damien Chazelle)

View post on imgur.com

Depois do espalhafatoso La La Land, o filme seguinte de Damien Chazelle, First Man, mostrará Ryan Gosling, interpretando Neil Armstrong em uma biografia sobre a vida do astronauta antes de se tornar o primeiro homem a pisar na lua. Com um elenco incluindo Claire Foy, Jason Clark e Kyle Chandler, será interessante conferir como o estilo energético de Chazelle funcionará em uma história baseada em fatos reais em um filme em que ele não escreveu o roteiro.

03. Underwater (William Eubank)

View post on imgur.com

Após Personal Shopper, Kristen Stewart vai de fantasmas às profundezas do oceano dividindo a tela com Vicent Cassel e T.J. Miller em uma espécie de Armageddon subaquático. Basicamente uma equipe científica se depara com um terremoto e tenta sobreviver.

04. Fast Color (Julia Hart)

View post on imgur.com

Fast Color coloca Julia Hart em uma mistura de gêneros contando a história de uma mulher com habilidades sobre-humanas que retorna para sua estranha família após ter fugido de casa.

05. Beackseat (Adam McKay)

View post on imgur.com

Drama baseado em personagens e fatos históricos, o novo filme de Adam McKay retrata a era Bush com a ajuda de um elenco estelar. Christian Bale é Dick Cheney, Sam Rockwell é George W. Bush, Amy Adam interpreta Lynne Cheney e Steve Carell é Donal Rumsfeld. É um filme que promete incendiar os ânimos da política estadunidense por várias razões.

06. The Widow (Neil Jordan)

View post on imgur.com

Chloe Grace Moretz, Maika Monroe e Isabelle Huppert acompanham uma mulher que faz amizade fácil, mas que esconde segundas intenções aparentemente sinistras.

07. The Little Stranger (Lenny Abrahamson)

View post on imgur.com

Do mesmo diretor de Frank, The Little Stranger traz uma história de casa mal assombrada baseada em um livro de Sarah Waters (escritura cujo trabalho Fingersmith foi adaptado na série The Handmaiden), onde acompanhamos um médico retornando ao local onde sua mãe trabalhou e onde algo ameaçador o aguarda.

08. Sequência de Cloverfield (Julius Onah)

View post on imgur.com

A sequência do primeiro Cloverfield foi mantida em segredo até dois meses antes da estreia, fornecendo ao público uma mistura de gêneros que funcionou muito bem. A Paramount parece querer aplicar a mesma estratégia em God Particle, nome até então provisório. Aparentemente teremos uma história espacial.

09. Caravan (Sebastian Schipper)

View post on imgur.com

Após o thriller Victoria, o diretor Sebastian Schipper está de volta para provar que pode impressionar sem truques comerciais. Caravan traz Fionn Whiterhead, um homem que tem de deixar as férias com a família no Marrocos para guiar uma pessoa (Stépgane Bak) que está à procura do irmão.

10. La Quietud (Pablo Trapero)

View post on imgur.com

Estrelando Martina Gusmán, Bérénice Bejo e Edgar Ramírez, La Quietud apresenta duas irmãs que se reúnem para rever um passado sombrio e determinar o destino da propriedade da família tendo como plano de fundo a ditadura argentina.

11. The Season of the Devil (Lav Diaz)

View post on imgur.com

A única descrição disponível sobre o filme é que se trata de uma espécie de anti-musical. Podemos esperar algo político e imersivo, um tipo de obra que leva o espectador ao limite. Nada esclarecedor.

12. Mary, Queen of Scots (Josie Rourke)

View post on imgur.com

Este projeto foi anunciado seis anos atrás e ainda assim a atriz principal, Saoirse Ronan, continuou dentro mesmo após sua carreira ter decolado. Ronan interpretará a Rainha e terá Margot Robbie como sua sobrinha e inimiga, Elizabeth. Será a estreia cinematográfica de Josie Rourke, que trabalhou em Donmar Warehouse, conseguindo críticas positivas, assim como a adaptação de Les Liaisons dangereuses, que se tornou espetáculo na Broadway em 2016.

13. Lizzie (Craig Macneill)

View post on imgur.com

A verdadeira história de uma mulher que assassinou pessoas a machadadas em Massachusetts por volta de 1800. Chloe Sevigny está no papel principal e Kristen Stewart será sua criada. Já teve série estrelada por Christina Ricci.

14. Mary Magdalene (Garth Davis)

View post on imgur.com

Hollywood novamente na seara dos filmes bíblicos. Nenhum personagem é mais polêmico que a Maria Madalena, suposta esposa de Jesus. Escalada para o papel, Rooney Mara, enquanto Joaquin Phoenix será Cristo. Algumas polêmicas à vista. Acredito que esse não será exibido na Record.

15. Apostle (Gareth Evans)

View post on imgur.com

Dan Stevens será um homem tentando resgatar a irmã sequestrada por um culto religioso. Ação? Suspense? Ou algo mais? Ninguém sabe ainda.

16. Halloween (David Gordon Green)

View post on imgur.com

Após 10 filmes da franquia, incluindo o triste reboot de Rob Zombie, Michael Myers está de volta. Essa versão ignorará tudo, menos os dois primeiros filmes dirigidos por John Carpenter, funcionando como uma sequência direta deles. Significa que Jamie Lee Curtis será Laurie Strode novamente. E novamente. E novamente.

17. Kursk (Thomas Vinterberg)

View post on imgur.com

Um suspense em alto mar a bordo do submarino K-141 Kursk, o orgulho da marinha russa que afundou em agosto de 2000 matando 120 pessoas. Tripulado por Colin Firth, Léa Seydoux, Matthias Schoenaerts e Max Von Sydow.

18. The Favorite (Yorgos Lanthimos)

View post on imgur.com

Um drama de época estrelado por Emma Stone, Olivia Colman, Rachel Weisz, Nicholas Hoult e Joe Alwyn. Acompanha as maquinações políticas durante o reinado da Rainha Anne, a última monarca dos Stuarts.

19. At Eternity’s Gate (Julian Schnabel)

View post on imgur.com

Mais Van Gogh em 2018. Willem Dafoe interpretará o pintor, acompanhando a amizade com o colega de profissão Paul Gaugin. Duas horas de pinturas e conversas.

20. Psychokinesis (Sang-ho Yeon)

View post on imgur.com

Ação com toques de humor negro. Homem descobre que tem superpoderes e tenta usá-los para salvar sua filha. Do mesmo diretor do tão falado Trem para Busan.

21. Bad Times At The El Royale (Drew Goddard)

View post on imgur.com

Um grupo de personagens meio sinistros, interpretados por Chris Hemsworth, Jeff Bridges, Cynthia Erivo e outros em um hotel meio acabado lá na Califórnia da década de 60.

22. Mid-90s (Jonah Hill)

View post on imgur.com

Ator Jonah Hill resolve virar diretor para contar a história de um adolescente crescendo na Los Angeles da década de 90, tendo Katherine Waterston como sua mãe.

23. Bacurau (Kleber Mendonça Filho and Juliano Dornelles)

View post on imgur.com

Na co-direção, Kleber Mendonça Filho, o mesmo de Aquarius. Aqui temos um documentarista que está em uma cidade brasileira fazendo filmagens e descobrindo alguns segredos perigosos dos habitantes locais.

24. Proxima (Alice Winocour)

View post on imgur.com

Estrelado por Eva Green e Lars Eidinger, temos um astronauta que se prepara para mais uma missão espacial e precisa lidar com o processo de separação de sua filha.

25. Mute (Duncan Jones)

View post on imgur.com

Desde os tempos de Lunar (Moon, 2009), o diretor Ducan Jones fala sobre esse projeto, a história de um barman mudo que procura sua namorada em uma Berlin futurística. No elenco, with Rockwell, Justin Theroux, Alexander Skarsgård e Paul Rudd.

26. Where is Anne Frank? (Ari Folman)

View post on imgur.com

O quarto projeto de Folman explora o legado de Anne Frank não apenas da perspectiva de seu diário, mas também do ponto de vista de um gato imaginário. O filme tem a intenção de investigar as diferenças entre a história e a subjetividade, o real e o imaginário.

27. Destroyer (Karyn Kusama)

View post on imgur.com

Nicole Kidman é uma detetive que foi policial infiltrada em uma gangue. Seu passado volta para assombrá-la, a forçando a entrar em contato com antigos criminosos.

28. Luxembourg (Myroslav Slaboshpytskyi)

View post on imgur.com

Um drama sobre as pessoas que vivem na zona de exclusão de Chenobyl, sob medo do risco de contaminação.

29. Outlaw King (David Mckenzie)

View post on imgur.com

Robert The Bruce (Chris Pine), o rei que liderou a Escócia na primeira guerra contra a Inglaterra pela independência do país. Ben Foster interpreta um cavaleiro que se torna conselheiro do Rei. Uma produção da Netflix.

30. Support the Girls (Andrew Bujalski)

View post on imgur.com

Um grupo de empregados de um restaurante se reúne para ajudar a pagar advogado para uma colega que se envolveu em uma briga com o ex-namorado abusivo.

31. Friday’s Child (A.J. Edwards)

View post on imgur.com

Aos 18 anos, jovem sai de orfanato e passa a viver como um vagabundo errante, descobrindo os perigos e as tentações desse estilo de vida.

32. The 15:17 to Paris (Clint Eastwood)

View post on imgur.com

A história baseada em fatos reais de três amigos, membros da força aérea americana, que se tornam heróis ao reagirem a um ataque terrorista em um trem que ia de Bruxelas para Paris. O caso aconteceu há somente três anos, mas Hollywood está mais veloz que nunca. Eastwood escalou os próprios protagonistas da história para atuarem como eles mesmos.

33. The Souvenir: Part One (Joanna Hogg)

View post on imgur.com

Um filme em duas partes com produção de Martin Scorsese. A primeira parte, que foi filmada ano passado, se passa na década de 80, onde um estudante de cinema embarca em um romance que o leva ao sul, com realidade e ficção se mesclando.

34. Galveston (Melanie Laurent)

View post on imgur.com

Uma adaptação de romance de Nic Pizzolato (True Detective) sobre um assassino profissional que está morrendo e volta para sua cidade natal com planos de vingança. Com Ben Foster e Elle Fanning.

35. The Sisters Brothers (Jacques Audiard)

View post on imgur.com

Ganhador de uma Palma de Ouro por Dheepan – O Refúgio (Dheepan, 2015), Jacques Audiard conseguiu reunir um grande grupo de atores para The Sisters Brothers, uma espécie de western neo-noir adaptação de um livro escrito por Patrick DeWitt. Estrelado por Jake Gyllenhaal, Joaquin Phoenix, Riz Ahmed, and John C. Reilly, a história acompanha dois irmãos (Phoenix e Reilly) empenhados em uma caçada a um minerador (Gyllenhaal) no Oregon da década de 1850.

36. Hold the Dark (Jeremy Saulnier)

View post on imgur.com

Jeremy Saulnier, diretor de Sala Verde (Green Room, 2015) e Ruína Azul (Blue Ruin, 2013), resolveu dar um tempo de cores nos títulos dos filmes. Hold The Dark é uma produção para a Netflix com Riley Keough, Jeffrey Wright, Alexander Skarsgard, James Badge Dale e James Bloor no elenco. O thriller é baseado em um conto de William Giraldi, sobre um caçador de lobos (Wright) que vai ao Alaska para investigar o desaparecimento de crianças. Os moradores suspeitam que os responsáveis são…lobos. Keough interpreta uma mão cujo filho morreu, enquanto seu marido (Skarsgard) apresenta traumas após voltar do Iraque, e está sendo investigado por um detetive (Dale). Promete ser outro filme brutal conforme os demais do Saulnier.

37. In Fabric (Peter Strickland)

View post on imgur.com

Peter Strickland é um cineasta que tem fama de tornar algo banal em transcendental. Ele fez um giallo (thriller italiano) para apresentar um homem ficando louco em Berberian Sound Studio (2012). Em seguida, um filme erótico da década de 70 criando uma história de amor em O Duque de Burgundy (Duke of Burgundy, 2014). Desta vez, o diretor vem com In Fabric, que acompanha a história de um vestido amaldiçoado e seus vários donos. Ninguém sabe ainda qual será o estilo cinematográfico que Strickland usará desta vez.

38. Dragged Across Concrete (S. Craig Zahler)

View post on imgur.com

Com apenas dois filmes, Rastro de Maldade (Bone Tomahawk, 2015) e Confronto no Pavilhão 99 (Brawl in Cell Block 99, 2017), S. Craig Zahler se mostrou como um sujeito apegado a gêneros. O cara é adepto de um ritmo lento, tem talento para escrever diálogos concisos e teve coragem de pôr nas telonas algumas das cenas mais violentas que se tem notícia há décadas. Em Dragged Across Concrete, Zhaler traz Vince Vaugh novamente, desta vez junto a Mel Gibson, interpretando dois policiais corruptos que perdem o emprego.

39. The Nightingale (Jennifer Kent)

View post on imgur.com

Se você foi um dos que ficaram impressionados com o primeiro filme de Jennifer Kent, O Babadook (The Babadook, 2014), bom saber que ela já terminou seu próximo filme. The Nightingale se passará em 1929, onde uma mulher que fora condenada procura vingança pelo assassinato de sua família. Aisling Franciosi e Sam Claflin encabeçam o filme, que conta também com Damon Herriman, Ewen Leslie, Harry Greenwood, Baykali Ganambarr e Magnolia Maymuru no elenco. Kent afirmou não se tratar propriamente de um filme de terror, mas que mostrará um mundo bem violento, uma vez que os piores criminosos da Inglaterra foram enviados para a Austrália, fazendo com que fosse uma época terrível especialmente para as mulheres.

40. Blessed Virgin (Paul Verhoeven)

View post on imgur.com

Virgine Efira, do filme anterior do Verhoeven, Elle (2016), desta vez interpreta uma freira do século XVII que é acometida por perturbadoras visões eróticas e religiosas. Ela se apaixona por outra freira que deveria ajudá-la. O filme é baseado no livro de Juduth C. Brown, “Immodest Acts: The Life of a Lesbian Nun in Renaissance Italy”.

41. Domino (Brian De Palma)

View post on imgur.com

De Palma emergiu do cinema de arte na década de 60 e 70, se tornou um ícone do cinema americano nas décadas de 80 e 90 e praticamente sumiu depois. Domino é o segundo filme dele em 10 anos. Essa produção filmada na Escandinávia é um thriller policial envolvendo terrorismo, tendo no elenco Nikolaj Coster-Waldau e Carice Van Houten.

42. The Irishman (Martin Scorsese)

View post on imgur.com

Os últimos de filmes de Scorsese, O Lobo de Wall Street (The Wolf Of Wall Street, 2013) e Silêncio (Silence, 2016), tiveram 180 e 161 minutos de duração respectivamente. Provavelmente pode se preparar para passar um bom tempo apreciando The Irishman, baseado no livro sobre a vida de Jimmy Hoffa. A Netflix disponibilizou um orçamento de 125 milhões de dólares nessa produção reunindo Scorsese, De Niro e Al Pacino. É um negócio muito difícil de dar errado.

43. Radegeund (Terrence Malick)

View post on imgur.com

Talvez 2018 seja o ano em que veremos Malick voltar ao tema da Segunda Guerra Mundial. Em Radegeund, o austríaco Franz Jägerstätter (August Diehl), se utiliza da escusa de consciência e é condenado à morte. Integram o elenco Valerie Pachner, Michael Nyqvist, Matthias Schoenaerts, Jürgen Prochnow e Bruno Ganz.

44. Birds of a Passage (Ciro Guerra)

View post on imgur.com

Uma tribo de índios se vê envolvida em uma rota de tráfico na Colômbia da década de 70, quando o comércio da maconha foi expandido. Descrito como um filme meio noir, com características de western e um pouco de tragédia grega.

45. Don’t Worry, He Won’t Get Far on Foot (Gus Van Sant)

View post on imgur.com

Gus Van Sant há tempos não consegue o reconhecimento que merece. Um pouco culpa dele também. Inquietos (Restless, 2011), Terra Prometida (Promised Land, 2012) e The Sea of Trees (2015) são bons filmes, mas não despertaram muito interesse. Don’t Worry, He Won’t Get Far on Foot traz no elenco Joaquin Phoenix, Rooney Mara, Jonah Hill e Jack Black. Trata-se da história de John Callahan, um cartunista tetraplégico.

46. The Old Man and the Gun (David Lowery)

View post on imgur.com

Depois do sucesso de crítica de A Ghost Story, David Lowery reúne agora Robert Redford, em sua suposta última atuação, Casey Affleck, Sissy Spacek, Danny Glover, Tika Sumpter, Tom Waits e Elisabeth Moss em uma história baseada em um artigo de David Grann escrito para a revista New Yorker, acerca de Forrest Tucker, um criminoso que já fugiu da cadeia 18 vezes.

47. The Wild Pear Tree (Nuri Bilge Ceylan)

View post on imgur.com

Do diretor turco responsável por Era Uma Vez na Anatólia (Once Upon a Time in Anatolia, 2011), The Wild Pear Tree é sobre Sinan, um homem apaixonado por literatura que sempre quis ser escritor. Ao retornar ao lugar onde nasceu, após ter se dedicado de corpo e alma para conseguir dinheiro para ter uma obra publicada, se vê envolvido nas dívidas de seu pai.

48. Maya (Mia Hansen-Love)

View post on imgur.com

Um homem de 30 anos chamado Gabriel, um repórter de guerra francês que foi refém na Síria, resolve ir para Índia após ter passado meses em cativeiro. O foco da história será sua jornada a Goa, onde passou sua infância e onde pretende refletir sobre sua vida após a angustiante experiência.

49. Can You Ever Forgive Me? (Marielle Heller)

View post on imgur.com

Melissa McCarthy estrela o novo filme da diretora, roteirista e atriz Marielle Heller. A história é sobre uma biografa de celebridades não consegue mais trabalho e começa a forjar cartas de personalidades já falecidas.

50. Annihilation (Alex Garland)

View post on imgur.com

Diretor de Ex Machina: Instinto Artificial (Ex Machina, 2014) e roteirista de Extermínio (28 Days Later, 2002) e Não Me Abandone Jamais (Never Let Me Go, 2010), Alex Garland desta vez vai para trás das câmeras adaptando um livro de Jeff VanderMeer. Annihilation, estrelado por Natalie Portman, apresenta uma grupo de biólogos em uma expedição para um lugar no qual as leis da natureza parecem não funcionar. Um pouco de Stlaker de Tarkovsky e algo de H.P. Lovecraft, estão dizendo.

Deixe uma resposta